Entrevista completa com Chris Claremont

Ontem dia 28/07/2014, Chris Claremont foi entrevistado por Danilo Gentili
no programa The Noite do canal de tv sbt.

Simpático, bem humorado e renomado roteirista
de histórias em quadrinhos Chris Claremont, esteve ontem no programa The Noite.
Veio ao Brasil para participar do evento Anime Friends.
A entrevista com ele no The Noite foi gravada antes dele
ir ao evento, mas foi ao ar depois que ele já tinha participado, ou seja,
a chance que muitos fãs que não moram em São Paulo irem ao evento para
conhecê-lo foram por água a baixo.

Mas enfim, a entrevista foi inesperada mas divertidíssima.
Apesar de ser muito leigo no que diz respeito a quadrinhos, o apresentador
respeitou bastante o entrevistado, para nós do Distopia Rastreada foi um
marco está entrevista, mas não só pelo fato de gostarmos de quadrinhos
mas sim poder ver o reconhecimento das pessoas com essa grande mente que foi
responsável reavivar os X-Men e leva-lós ao topo de grupo de heróis mais
populares dos quadrinhos.

Super Pôster Eras DC

Era de Ouro, Era de Prata e Era Moderna em um único super pôster!
Esse infográfico belíssimo, foi feito por Marco Moreti, Ivan Finotti,
Rodrigo Maroja e Luiz Iria.
Publicado pela revista Super Interessante em meados dos anos 2000.
Um verdadeiro achado em meio à velhos recortes de revistas.
(clique na imagem para visualizar em tamanho real)
completo

 

 

X-Men: Dias de um Futuro Muuuuuuuito Esquecido

v7

Olá Ouvintes!
Sejam bem vindos a mais um podcast do Distopia Rastreada.

Nesse episódio: Beethoven Sathler, Luis Felipe,
Leonardo Azevedo, Mariana e Paula.
Vão falar sobre uma das maiores histórias já escritas para os filhos do átomo!
E também o filme baseado nela, recém lançado agora em 2014.
Então segure seus fones e prepare-se para viajador no tempo!

3x3

 

 

 

Críticas e sugestões, mande seu email para: contatodistopiarastreada@gmail.com
Página Facebook: Distopia Rastreada

O Código Tarantino (Tarantino’s Mind, 2006)

teste

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Diretor:
300 ML

Elenco Principal:
Selton Mello – Cara 1
Seu Jorge – Cara 2

País:
Brasil

Gênero:
Comédia

Sinopse:
Dois amigos se encontram em um bar para comer e conversar.
Após o Cara 2 (Seu Jorge) perguntar “Qual é a boa”?
O Cara 1 (Selton Mello) fala que decifrou o (código tarantino).
Uma tese que ele mesmo criou sobre o diretor.
Com isso inicia-se uma discussão sobre essa tese.

Comentários:
Se você já viu os filmes: Cães de Aluguel, Pulp Fiction,
Assassinos por Natureza, Amor à Queima-Roupa, Um Drink no Inferno
ou Kill Bill. Parabéns!!!
Você entenderá toda a teoria sobre o (código tarantino).

Se não meu caro(a) amigo(a), vá agora ver esses filmes!
Acrescente mais conhecimento da sétima arte em suas veias e só assim
assista esse curta metragem, inteligentemente bem escrito.

Nota:
5
base rodapé cinema-

Constantine (2014)

t´ítulo

E lá vamos nós ver mais uma tentativa de levar para o grande público
o mago mais sarcástico do universo dos quadrinhos, o britânico
John Constantine.

A primeira foi com o filme Constantine de 2005, que acabou que não agradou
muito aos fãs, por mudanças drásticas, como a aparência física e de origem
do personagem, de um britânico loiro, ele foi mostrado como um norte americano
moreno.

Agora em 2014 com a série de tv intitulada Constantine, pela NBC,
teremos um John Constantine mais fiel aos quadrinhos, pelo menos essa
é a promessa que nos foi apresentada. Vasou à 1 mês atrás o episódio piloto,
muitos acreditam que foi uma jogada de marketing para promover a série.
Tanto que corre boatos que os fãs não gostaram da atuação da personagem
Liv (Lucy Griffiths) e por isso ela vai ser substituída antes mesmo da série
estrear oficialmente. Mas na versão oficial foi alegado “diferenças criativas”.
Os produtores decidiram tirar a personagem do segundo episódio e
demitir a atriz.

Ela seria um par romântico para John Constantine (Matt Ryan),
mas no lugar virá Zed que originalmente é o par romântico de Constantine
nos quadrinhos, de acordo com o site “comicbookmovie” a atriz
norte americana de descendência mexicana, Angelica Celaya viverá o papel.
A série tem estréia prevista para 24 de outubro de 2014 no canal NBC.
site oficial http://www.nbc.com/constantine.

Este slideshow necessita de JavaScript.

ATENÇÃO O TRECHO A SEGUIR CONTEM SPOILERS DO EPISÓDIO PILOTO

Logo de cara percebemos algo que incomoda um pouco, Constantine “não fuma”.
Somente uma cena mostra ele apagando um cigarro no cinzeiro, o que leva a
entender que ele é um fumante, o que acaba descaracterizando o visual do
personagem, mas não só isso, nos quadrinhos Constantine tem problemas
respiratórios e doenças por conta do vício.
Pareceu muito “amigo da vizinhança” também, no sentido de ajudar todo
mundo que aparecia, todos nós que já lemos suas histórias, sabemos que
na maior parte do tempo Constantine ta pouco se lixando pras pessoas,
só ajuda se for interesse dele ou algum familiar ou amigo envolvido.

Mas a impressão não foi de toda ruim, a série tem grande potencial,
nós particularmente gostamos da atuação da Liv (Lucy Griffiths), pareceu
bem autentica, lamentamos pela história dela ter sido cortada logo no início,
nos pareceu bem a cara das histórias da Hellblazer.
A série segue bem o que é a história de John Constantine nos quadrinhos,
apresentam logo no início o hospício, traços de sua criação,
o sentimento de culpa pela morte da Astra, seu humor sarcástico
e principalmente a aparência física, até as roupas são idênticas
a dos quadrinhos e a atuação de Matt Ryan como John Constantine no papel
principal é satisfatória.
Não exageram nos efeitos, foi tudo bem pensado, a cena onde Constantine e
Liv são atravessados por um trem fantasma e em outra cena quando as mãos
de Constantine ficam em chamas ficaram muito bem construídas
graficamente falando.

O episódio piloto consiste basicamente em uma breve apresentação do
personagem principal e o encontro dele com Liv (Lucy Griffiths) filha
de um falecido amigo de Constantine, no qual também mexia com artes ocultas,
ele ficou incumbido de protegê-la de um demônio que tentava dar fim a vida
dela, mas acabamos por descobrir que Liv também tem poderes paranormais o
que de certa forma ajuda no desenrolar da história.

Caçadores de Obras-Primas (The Monuments Men, 2014)

teste

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Diretor:
George Clooney

Elenco Principal:
George Clooney – Tenente Frank Stokes
Nick Clooney – Stokes Velho
Matt Damon – Tenente James Granger
Bill Murray – Sargento Richard Campbell
John Goodman – Sargento Walter Garfield
Jean Dujardin – Tenente Jean-Claude Clermont
Bob Balaban – Preston Savitz
Hugh Bonneville – Tenente Donald Jeffries
Cate Blanchett – Claire Simone

País:
E.U.A / Alemanha

Gênero:
Guerra

Sinopse:
Durante o declínio de Hitler na Alemanha, um grupo de 13 especialistas vindos
de países diferentes é reunido para reencontrar obras de arte roubadas pelos
nazistas durante a Segunda Guerra Mundial. George Stout (George Clooney),
um oficial americano e conservador de obras de arte, lidera a equipe.

Comentários:
Filmes sobre Guerras sempre me chamaram atenção, não só pelos
combates em si, mas as mudanças que provocaram na sociedade
em âmbito mundial. Esse filme retrata isso de uma forma bem
clara, que é através das obras de arte, como pinturas, esculturas
e etc.Ele é baseado em um livro de mesmo nome chamado
(The Monuments Men de Robert M. Edsel).
Que relata sobre um grupo que foi responsável de recuperar obras
famosas usurpadas pelo regime nazista de Adolf Hitler.
Apesar na pegada séria do filme, o Sargento Richard Campbell (Bill Murray)
e Preston Savitz (Bob Balaban) são a dupla que dão um alívio cômico ao enredo,
ajudando a balancear a história.

Nota:
3
base rodapé cinema-

Adrien Brody poderá ser o novo Coringa

notícia

Os boatos são cada vez mais fortes que Adrien Brody ganhará o papel
de Coringa em Batman v Superman: Dawn of Justice.
Tomou mais força nos últimos meses, segundo o site Moviepilot,
Brody está há tempos atrás do papel, desde Batman The Dark Knight
onde perdeu o papel para Heath Ledger e posteriormente em
Batman The Dark Knight Rises que acabaram desistindo da
ideia de ter coringa na história.

Quando abordado sobre o assunto o ator não afirma a sua participação
no filme, mas diz que aceitaria um papel assim tranquilamente e que fazer
um vilão seria muito divertido.

O filme Batman V Superman: Dawn of Justice está previsto para 2016.

fonte:moviepilot.com